(#344) Pensamentos podem nutrir ou intoxicar o nosso corpo, você escolhe!

Oi gente!

Ontem, inventei de sair da rotina e me ferrei! kkk
Não sou do tipo que chora em cima do leite derramado...nem gosto muito de leite!


Não pensem que estou imune aos pensamentos ruins - evito eles o máximo que posso, mas deixa  me descuidar pra vocês verem o que acontece: dá defeito!

Ontem. estava ansiosa, com os pensamentos confusos, me sentindo desorientada, desmotivada...toda errada sei lá porquê!
É o que eu falo, minha gente: Um minuto de descuido e a mente começa a sabotar!

Comer sempre me "acalma"...antigamente dava certo...
uhhmmm ....é tão bom mastigar....
Estava chovendo, meio friozinho e a minha filhota pediu para fazer alguns pasteis. Fiz. Como sabia que iria comer alguns (e por que não, né?), optei por almoçar só uma fruta e fazer o lanche mais cedo. Para não comer fritura, fiz os meus assados. Quando ficaram prontos, comi 3 pasteis pequenos, ainda quente. Na hora, minha barriga inflou...pluft!
Ai minha barriguinha...
Gente! Como pode? Um pastelzinho de nada me colocou a nocaute a tarde inteira!

Lancei mão de outro recurso: #crocheterapia.


Tentei distrair minha mente, com o  crochê, isso sempre dá certo. Então achei um modelo de uma bata (de crochê) só que não dava certo por nada e, olha que a receita era simples, mas estava tão desfocada que não tinha jeito de acertar.
A #crocheterapia sempre funciona comigo, só que dessa vez...nananão, não deu jeito!

Fazer o quê, meu Deus, pra me aquetar?

Relaxar e deixar pra lá...

#Paposério

Gente, não é brincadeira é muito sério - Se você não prestar atenção nos seus pensamentos eles te derrubam!...escute mais o seu coração, ele sim sabe o que é melhor pra você!!

Decididamente, não estava me "ouvindo", estava indo contra o que meu coração queria.
Aprendi a me escutar, mas naquele momento não estava colocando em prática. Não foi só a comida que intoxicou meu corpo, foram meus pensamentos também.

Tomei um banho quente, relaxei e fui ver algumas palestras sobre espiritualidade, que sempre me "trazem de volta", dormi, nem terminei de escutar, quando acordei estava me sentindo completamente revitalizada.

O importante foi perceber que certas mudanças são definitivas, não há como regredir.

Quando decidi mudar meu estilo de vida, mudei também minha forma de sentir a vida, reeduquei as minhas emoções e meus sentimentos em relação a tudo que me cerca.
Lógico que as mudanças mentais mudaram diretamente o  meu corpo, sei o que me faz bem.
Pois é, quem vai querer andar de fusquinha depois de pilotar um Mercedez?
Quem vai querer voltar para a alfabetização depois que se formou no colegial?

Antes, sentia o "peso" das minhas escolhas ruins, meu corpo doía, inchava muito, meu metabolismo era lento.
Hoje, aprendi a ser mais "leve" a controlar meus impulsos, a ficar mais zen e  não sobrecarregar meu corpo com energias tóxicas - isso inclui a comida!

Quando, por descuido,  volto a ter antigas percepções meu corpo percebe na hora e me avisa.

E fica a lição: Pra tudo tem jeito. Quando algo não estiver bem, pare, relaxe e reflita, não continue o que não estiver bom.

Tudo numa boa!

Acordei assim, maravilhosa e...Tudo numa boa!!!

Meu café da manhã foi bem certinho, estou disposta e o crochê deu certo! 
Minha bata de crochê tá quase pronta.  Quem quiser saber mais sobre meus crochês, está tudo AQUI
Ainda tenho que me pesar para o #Desafiodivasls2014, fazer unhas, e etc...etc...

Então, meninas e meninos, cuidem dos seus pensamentos pois eles podem nutri ou intoxicar o seu corpo tanto quanto a comida!

Ótimo final de semana, minha gente!

Um comentário :

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Adsense

Translate