Como será amanhã?

Olá, pessoas queridas,

Não sei porque "cargas d`águas" mas, nesses últimos dias, que antecedem o final de ano,  ando tão reflexiva (leia-se: maluca)!!!

Tenho pensado na minha vida, nas coisas que fiz, nas que deixei de fazer, nas que ainda quero fazer...

Sei que são apenas números, na verdade 365 que definem uma vida,que delimitam as nossas esperanças!
Com a desculpa de facilitar a nossa vida, os cristãos criaram um calendário para que, dessa forma, pudéssemos contar o tempo, assim poderíamos marcar as datas importantes, os feitos históricos...e aí, deu no que deu: Hoje, a nossa vida é regrada por números, datas, calorias, senhas, peso, horários, CPF, RG...

Voltando ao calendário...
O método oficial de contagem de tempo é o calendário gregoriano, que conta o tempo de acordo com o movimento de translação da Terra, ele foi adotado a partir de 1582 mas, na Grã-Bretanha, foi somente em 1752.
No entanto, a alteração era necessária porque Júlio César, aconselhado por um astrônomo, contara o ano como tendo 365 dias e 1/4 e fizera seu calendário assim. Infelizmente, ele acrescentara 11 minutos a mais por ano (o ano tem 365 dias, 5 horas, 48 minutos e 46 segundos) e, quando o calendário alcançou 1.500 anos, viu-se que os 11 minutos anuais haviam somado dez dias. O papa Gregório XIII, em vista disso, fez os acertos em 1582, excluindo o dez dias entre 4 e 15 de outubro daquele ano. Fez com que 1600 fosse um ano bissexto, e assim 1700, 1800 e 1900 não o seriam. Setembro, outubro, novembro e dezembro eram o 7º, 8º, 9º, e 10º meses, como os seus nomes indicam, e julho e agosto foram criados em homenagem aos imperadores Júlio Cesar e Augusto. Em português, os dias da semana, com exceção do sábado e do domingo, recebem numeração ordinal designando as antigas feiras de segunda a sexta.

Domingo, segunda, terça, quarta, quinta, sexta, sábado...dia vai dia vem....
Não importam os números, as datas, os quilos a mais ou a menos, o dinheiro que sobrou ou faltou, a senha que foi esquecida, a idade que aumentou...vamos ser felizes, AGORA!

Essa é a nossa única oportunidade, o AGORA, porque o ontem, já era e o amanhã...o amanhã?
...Como será amanhã?Responda quem puder
O que irá me acontecer?
O meu destino será
Como Deus (EU) quiser
Como será?...

O meu destino será como EU quiser! Eu quero ser FELIZ!

FELIZ 2013!

Fonte: Acervo Escolar

2 comentários :

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Adsense

Translate