Loucamente, mãe

Oi, gente!
Aos poucos a vida vai seguindo seu curso e tudo vai indo para o lugar, inclusive, eu!

Estamos programando nosso retorno a Lisboa, dia 04 de junho. Estou feliz, quero voltar para lá. 

Sabe quando a gente sente que tem algo a fazer? Algo a resgatar? É assim que me sinto. Parece conversa de louca: "resgatar alguma coisa", mas nunca disse que era uma pessoa normal, né?


Falando em ser "louca"...Como é bom ser louca, né? A loucura é uma bênção, na minha opinião. Já pensaram em como é chato querer fazer tudo certinho, não se permitir errar, querer agradar os outros o tempo todo, ter medo de ousar, de arriscar...ah! como isso cansa!!!Prefiro ser uma louca feliz do que uma normal com TPM.

Eu tô "encucada" com o dia das mães...não sei porquê mas esse ano não estou a fim de comemorar essa data, que na minha opinião é meramente comercial. Fico enjoada de ver tantos comerciais na TV, com o único objetivo de incentivar o consumo. 
Podem me julgar! 
Não virei comunista e muito menos sou contra o sistema...é que ser mãe é tão maior que isso que tentam nos "vender". Não haveria no mundo presente que pudesse traduzir todo o amor que tenho pela minha mãe e que recebo da minha filha. Só o fato delas existirem, já é um presente divino! 

O que eu queria de verdade, nesse domingo, era ficar em casa, quietinha agradecendo a Deus e pedindo que iluminasse e protegesse todas as mães do mundo, porque como é difícil ser mãe hoje em dia!

Bem, mas pra não dizer que não falei de flores....Vou cortar meu cabelo, ficar bem bonita e depois coloco uma fotinha para verem como ficou, ok?

Um beijo grande, fiquem com dEUs!

2 comentários :

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Adsense

Translate